Benjoim é extraído de uma árvore cujo habitat natural é a Ásia tropical, nas regiões de Sumatra (Indonésia) e Tailândia. Esta árvore pode atingir até 20 metros de altura, faz parte da família Styracaceae e dela se extrai um soro que se torna rígido em contacto com o sol e o ar.

As principais características do Benjoim como planta medicinal – é ser anticéptica e expectorante, mas esta planta adquiriu vários usos, desde a medicina tradicional à aromaterapia, onde é usada para defumar ambientes. Esta erva é usada há mais de mil anos, queimada dentro dos ambientes das casas, templos ou local de trabalho.

          ✘ Encontre este produto no Centro Nayana 

 

Acredita-se que a queima do benjoim é responsável por afugentar todas as más influências e adversidades contidas naquele local, e com isso as pessoas podem ter mais paz e tranquilidade. O benjoim também é usado para quebrar feitiços e para potencializar a força mental, é uma das sete ervas sagradas, e tem muitas formas de ser útil ao bem-estar espiritual e físico da pessoa. O aroma do benjoim pode ter propriedades antidepressivas, anti-reumáticas, relaxantes e sedativas, além de propriedades antiflatulentas.

A título de curiosidade, o benjoim também é conhecido como o “bálsamo do monge” – por ter sido utilizado em templos tibetanos, árabes e indianos. Era a fragrância preferida da Rainha Elizabeth I, Inglaterra. Para finalizar, o benjoim está presente na fórmula de diversas fragrâncias da alta perfumaria, dado o seu aroma agradável, marcante e duradouro.


◉ As indicações aqui sugeridas são meramente informativas. Certamente haverão mais opções para o fim acima descrito.