Os óleos essenciais são substâncias concentradas, com elementos odoríferos que facilmente se encontram em plantas aromáticas. A planta produz os óleo essenciais como método de sobrevivência – quer no processo de crescimento, quanto como repelente, para repelir predadores. Por norma, os óleos essenciais são substâncias caras, porém quanto mais ductos das glândulas sudoríparas  existirem  na planta, mais barato o óleo será. 

Os óleos essenciais beneficiam o ser humano no seu todo, podendo tratar de diversos males isoladamente. Verificam-se benefícios ao nível cutâneo (absorção cutânea dar-se-á em apenas alguns minutos, caso estejam na presença de uma pele saudável); vias respiratórias (absorção pelas vias respiratórias – quando inalados exercem efeitos terapêuticos em todo o organismo) e ao nível do olfacto e da mente onde podemos concluir que os aromas podem influenciar o nosso corpo, bem como as nossas emoções. Os óleos essenciais são escolhidos em função das necessidades de cada pessoa.

Fazem parte da lista dos principais óleos essenciais o de alecrim, alfazema, camomila, eucalipto, funcho, hortelã-pimenta, laranja e limão.

Observação: Cada óleo essencial é composto por dezenas de componentes químicos susceptíveis de serem irritantes ou até mesmo tóxicos para o nosso organismo. Antes de fazer uso dos óleos essenciais aconselhe-se com um aromaterapeuta.

Paz e Luz