A palavra talismã é de origem árabe (Tilasm) e da palavra grega (Teleo) e significa coisa magica ou sagrada. Os talismãs existem a muitos séculos e chegaram a ser amaldiçoados pela igreja católica, porque eram vistos como algo proveniente do demónio. O talismã absorve a energia de quem o está a usar para que o desejo da pessoa seja mais facilmente realizável ou para que o mal não o atinja de forma alguma. A palavra amuleto vem do latim (amuletum), trata-se de um objecto que tem o poder de proteger o seu portador da inveja e do mau-olhado e todo o tipo de energia negativa. Um amuleto é como um capacete de protecção. No antigo Egipto, as múmias eram cobertas com amuletos de ouro, bronze e pedras preciosas para guardar a imortalidade da alma. Os amuletos também eram usados para proteger a saúde, a felicidade, a fortuna e a vida na terra.

Os amuletos e talismãs são objectos de protecção que podem auxiliar-nos no dia-a-dia, atraindo sorte e afastando qualquer tipo de energia negativa. Ao longo dos anos foram sofrendo alterações nos seus formatos mas mesmo assim o poder que eles emanam continua inalterado. Existem amuletos para o amor, talismãs para protecção, amuletos para ter dinheiro, amuletos e talismãs para a boa sorte, amuletos e talismãs contra a inveja e o mau-olhado, amuletos para a boa saúde, amuletos para conseguir um emprego amuletos e talismãs para a protecção do lar.

E você! Tens algum amuleto ou talismã? Diz no qual. 

Paz e Luz!