A Aura refere-se ao campo de energia que emana da superfície de uma pessoa ou objecto, sim, porque tudo tem uma aura. Essa emanação é visualizada como um contorno de cores em cascata e pode ser considerada como uma representação das vibrações da alma, a emergência do chakra ou um reflexo dos campos de energia circundantes – ou casulos luminosos, como por vezes são chamados.

A aura pode ser vista a olho nu, embora alguns médiuns, acreditem que essa capacidade enfraquece à medida que a idade vai avançando. As camadas da aura são separadas e distintas, mas conectadas a todas as camadas restantes.

A Nova Era identifica a aura como campos eletromagnéticos. É um facto cientificamente comprovado, a existência de campos eletromagnéticos ao redor de cada objecto. O que é discutível é se os humanos podem ou não ver esses campos eletromagnéticos, tal como as suas cores a olho nu. Esta afirmação é considerada paranormal uma vez que, os dispositivos que detectam campos eletromagnéticos em magnitudes muitas vezes menores do que aquela que supostamente existem na auras.

No entanto, às vezes afirma-se que esses campos de energia são documentados por uma forma rara de fotografia chamada fotografia Kirlian (imagem acima).

Sabia que as auras vibram em diferentes cores, sons e frequências de luz? O espectro de cores varia de acordo com os estados físico, emocional, mental e espiritual de cada pessoa.

Gostaria de ver sua própria aura?

Faça então o seguinte exercício:

Coloque-se em frente de um espelho (que esteja num local bem iluminado). Relaxe. Olhe para a sua cabeça ou área da cabeça e dos ombros. Concentre-se em um lado da cabeça. Em breve, será capaz de ver as energias eletromagnéticas como um campo de luz – ao redor de sua cabeça.

Paz e Luz!